O primeiro livro que ganhei

Então… hoje é o Dia do leitor! Isso me faz lembrar quando ganhei meu primeiro livro. Isso aconteceu há muito tempo, quando meus pais eram sócios do Círculo do Livro. Para mim foi “o” livro. De capa dura, com a gravura de um rosto de menina, emoldurado por cabelos encaracolados, que se bagunçavam entre algumas borboletas faceiras (que vinham sabe-se de onde). Quando tomei aquele livro, a primeira coisa que fiz foi… Cheirar. É. Adoro o cheiro de livros novos.  Não que isso deixe de lado a teoria de que somos ainda meio animaizinhos. Mas o papel e aquele cheiro tão peculiar abriu portas aqui dentro, que me fizeram entender o quão gostoso é ganhar um  livro (mesmo sem nunca ter ganhado algum).

A verdade é que, se  me permitem confessar, eu não o li. Fiquei ali, sob o efeito do fetiche, alisando e vendo as gravuras. Tive mais sorte que a personagem daquele livro, já que ela, na primeira página, dizia: “e de que vale um livro sem  diálogos ou gravuras?” Pelo menos o meu tinha.

No instante seguinte, corri os olhos por todas as gravuras  que pude relancear e voltei até a segunda página, onde marquei com uma esferográfica a palavra onde meus olhos haviam parado. “Toca”.

A TOCA DO COELHO

(Ilustrações de Claudia Scatamacchia.
São Paulo: Círculo do livro S.A., 1982)

“Aventuras de Alice no País das Maravilhas” foi o primeiro livro que li. Foi por causa dele que insisti  ter domínio de meus sonhos, e criar histórias que tentassem causar a mesma impressão que aquele livro me causou.

Ser leitor, hoje, é mais que saber ler, ou ler uma história. E moldar a sua própria vida através do conhecimento.

Anúncios

2 pensamentos sobre “O primeiro livro que ganhei

  1. Nossa que loucura, esse livro foi o primeiro que li, exatamente esse da foto, e foi com ele que eu tomei gosto pela leitura. Estava procurando ele para saber onde poderia comprar e também porque estou fazendo uma postagem sobre ele… e achei o seu blog! Qie coisa rs

    • Olha só, Ana! Que coincidência! Compartilhamos então do mesmo sentimento! Encontrar alguém que conheça esta edição é coisa difícil de se achar! 😀 Fico feliz aqui! Abração!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s